Gaby Amarantos e Dream Team do Passinho são as atrações dos live sites Rio 2016

Sucesso entre o público que vai conferir as competições dos Jogos Olímpicos, os live sites Rio 2016 recebem mais duas grandes atrações nesta segunda-feira (08/08). No Parque Olímpico de Deodoro, o Dream Team do Passinho vai colocar todo mundo para dançar a partir das 13h10. E no final do dia, a cantora paraense Gaby Amarantos sobe ao palco no Parque Olímpico da Barra, às 19h.

 

O Dream Team do Passinho é um dos expoentes do movimento do passinho, um tipo de dança que faz sucesso nos bailes cariocas. O grupo, composto por Diogo Breguete, Pablinho, Lellezinha, Hiltinho e Rafael Mike, ficou conhecido através da internet e seus vídeos possuem milhões de visualizações. 

 

Nascida e criada na periferia de Belém, Gaby Amarantos é uma das responsáveis pela difusão do ritmo tecnobrega, típico da região norte do Brasil. Conhecida por sua exuberância e figurinos extravagantes, Gaby coleciona indicações a prêmios de música, como Grammy Latino, e também troféus. Em 2011 foi eleita pela revista Época como uma das 100 personalidades mais influentes do Brasil. Em 2012 venceu as categorias “Artista Feminina” e “Artista do Ano” no MTV Video Music Brasil e no Prêmio Multishow a categoria “Novo Hit”.

 

Os live sites Rio 2016 são um espaço de confraternização para quem vai assistir aos Jogos. Entre as atrações estão um telão para transmissão das competições, quiz, presença do mascote Vinícius e brincadeiras. O palco recebe também um show por dia. A direção artística é de Maurício Tavares e a curadoria musical de Guto Graça Melo.

 

Programação live sites Rio 2016 – 08 de agosto

Dream Team do Passinho – 13h10 – Parque Olímpico de Deodoro

Gaby Amarantos – 19h – Parque Olímpico da Barra

Download PDF
Download PDF
Sobre Sala de imprensa

Termos de Uso

Broadcasters Detentores de Direitos (RHBs): Os RHBs podem fazer a transmissão do Revezamento da Tocha Olímpica no Brasil, de forma não exclusiva, de acordo com os termos de seus respectivos contratos firmados com o COI.

Broadcasters Não Detentores de Direitos (Non -RHBs): Os Non -RHBs podem fazer a transmissão do Revezamento da Tocha Olímpica no Brasil (com exceção das cerimônias de abertura e encerramento), de forma não exclusiva, pelo prazo máximo de 36 (trinta e seis) horas após o evento. Qualquer transmissão relacionada a este evento, deve ser realizada de forma estritamente jornalística, sem criar ou ser apresentada como um programa focado no Revezamento da Tocha Olímpica.

Nenhuma associação comercial / promocional será permitida na cobertura do Revezamento da Tocha Olímpica. Principalmente, a transmissão do Revezamento da Tocha Olímpica não poderá (i) ser patrocinado ou de qualquer for criar uma associação que crie a impressão de que o Non -RHBs e/ou qualquer entidade sem autorização e/ou seus produtos são conectados ou associados ao Revezamento da Tocha Olímpica, ao Jogos Olímpicos, ao COI e/ou ao Movimento Olímpico e (ii) implique, sugira ou represente os Non -RHBs como sendo detentores oficiais dos direitos de transmissão e/ou parceiros do Revezamento da Tocha olímpica, dos Jogos Olímpicos, do COI e/ou do Movimento Olímpico.

Cerimônias de Abertura e Encerramento: A parte do revezamento que ocorrerá durante as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos faz parte dos direitos exclusivos concedidos aos RHBs e qualquer transmissão pelos Non-RHBs deve ser realizada em observância às Novas Leis de Acesso do COI.

Terms of Use

Rights Holding Broadcasters (RHBs): RHBs may broadcast the Olympic torch relay in Brazil, on a non-exclusive basis, in accordance with the terms of their respective media rights agreement with the IOC.

Non-Rights Holding Broadcasters (Non-RHBs): Non-RHBs may broadcast the Olympic torch relay in Brazil (with the exclusion of the opening and closing ceremonies), on a non-exclusive basis, for a maximum of 36 hours after the event. Any such broadcast must be positioned as news only and not to create, or be positioned as, Olympic torch relay focused programming.

No commercial/promotional association is permitted with the coverage of the Olympic torch relay. In particular, broadcast of the Olympic torch relay may not (i) be sponsored or otherwise be associated in any way to give the impression that Non-RHBs and/or any unauthorized entities and/or products are linked to or associated to the Olympic torch relay, the Olympic Games, the IOC and/or the Olympic Movement and (ii) imply, suggest or represent Non-RHBs as being official rights holding broadcasters and/or partners of the Olympic torch relay, the Olympic Games, the IOC and/or the Olympic Movement.

Opening and Closing ceremonies: The part of the torch relay occurring during the opening and closing ceremonies of the Games is part of the exclusive rights granted to RHBs and any broadcast by Non-RHBs must comply with the IOC News Access Rules.